| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

A Notícia
Desde: 24/05/2011      Publicadas: 125      Atualização: 21/04/2017

Capa |  Classificados  |  Cultura  |  Destaque  |  Diversão  |  Educação  |  Esporte  |  Horóscopo  |  Poética  |  Policial  |  Política  |  Religião  |  Saiba  |  Saúde  |  Tecnologia  |  Turismo


 Poética

  17/04/2017
  1 comentário(s)


Sonho

Não precisava ser apenas um sonho meu amor!
"Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas, um sonho junto é realidade"
Raul Seixas

Sonho

Em uma cama irradiante.
Com colchão de sonhos, forrados de fantasias.
Nós nos encontramos como em um ritual de purificação.
Despimos-nos do que a sociedade nos empoe a vestir.
E como si fosse um imã, o meu corpo e atraído ao seu como a abelha pelo nécta da flor.
Toda a loucura invade nossos corpos e acumulam-se em nossas bocas tornando-as insaciáveis de beijos.
E nesse instante esquecemos tudo, e o mundo si dimensiona em apenas eu e você.
Em um desejo louco procuras por entre minhas pernas um caminho animal, encharcado de prazer, onde você é a cruz e eu o cristo crucificado de costas para salvar nossa ingênua sinceridade.
Durante a dança do amor gemidos e gritos de prazer e dor, sussurro em seus ouvidos palavras de amor. E como um vulcão após a erupção, nossos corpos se acalmam, nossas bocas se calam tornando-si dóceis e lentas.
O cheiro do amor espalha-se pelo quarto deixando no ar o desejo do principio, de voltar ao início.
Nossos corpos si abraçam...
Tudo volta. A tristeza nos invade.
Agora só a camisa de força da realidade nos prendem e nos separam em uma suposta despedida.

  Autor: Thalassa


  Mais notícias da seção Poética no caderno Poética
07/10/2011 - Poética - IMPASSÍVEL DIANTE AO DRAGÃO
Nem sempre as coisas são o que parecem ser e a decepção é inevitável....



Capa |  Classificados  |  Cultura  |  Destaque  |  Diversão  |  Educação  |  Esporte  |  Horóscopo  |  Poética  |  Policial  |  Política  |  Religião  |  Saiba  |  Saúde  |  Tecnologia  |  Turismo
Busca em

  
125 Notícias